Aurora

by Bolhazul

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
04:47
2.
05:12
3.
04:08
4.
05:24

credits

released June 27, 2016

tags

license

all rights reserved

about

Bolhazul Brasília, Brazil

contact / help

Contact Bolhazul

Streaming and
Download help

Track Name: Prometeu
Com boas intenções
Me acorrentei ao meu próprio fim
Eu tento entender por quê
O peso todo recaiu em mim
Não posso ser tão importante assim

E se eu tiver que me doar
Eu faço pelo bem comum
Eu dou até meu próprio ar

Foi só olhar pro céu
Que um raio me atingiu
E junto com os quatro ventos
Eu fui levado para além das nuvens

E se eu tiver que me doar
Eu faço pelo bem comum
Eu dou até meu próprio ar
Track Name: Andrômeda
Tentar adivinhar o que ainda não é
É o primeiro passo pra perder o que se quer
Ela não vai com pressa
Não tem do que fugir
Não tem por que correr daqui

Nem todos os seus abraços podem garantir
Que ela vai rodopiar na translação do seu coração
Nem todos os seus abraços podem garantir

Não sonhe tanto com estrelas
Que só passam pra poder sumir
Não desperdice o seu desejo
Com quem não brilha para ti

Não sonhe tanto com estrelas
Pise no chão e sinta seu lugar
O universo dentro da sua mente
Pode te aprisionar
Track Name: Nea
Encurte a noite
Com mais um gole
Sinta a dor
Prolongue o corte

Feche os olhos pra sentir
Respire
Respingue

Como o vidro se partindo
Em mil pedaços de si mesmo
Abrindo o caminho
Pra vida escorrer

Eu permito que suas mãos
Trabalhem sobre mim
Que o tempo cresça minhas asas

Levando quem eu sou
Pra longe

Prolongue as noites
Com mais um trago
Desmanche a fé
Perca o afago

Como castelos de Lego
Se desfazendo ao simples toque

Eu permito que suas mãos
Trabalhem sobre mim
Que o tempo cresça minhas asas
Track Name: Medusa
Te senti de olhos fechados
Essa que era tua única condição
E dentro de mim sonhava
Com suas mais belas formas nas mãos

Nossos lábios tão distantes
Por labirintos de nossos destinos
Nossos olhares tão errantes
Por crueldade e desejos divinos

Me torne um dos seus
E me quebre em pedaços
Mais uma vez

Os olhos que transcendem tua face
Ponho em minhas mãos

Me torne um dos seus
E me quebre em pedaços
Mais uma vez

Tua cabeça servirá de escudo pra outro alguém